Vender ou alugar: Descubra as melhores opções

A escolha entre vender ou alugar um imóvel é uma dúvida muito comum. Pois, enquanto mantê-lo alugado oferece estabilidade, o lucro gerado pela venda provoca grande tentação.

Dessa forma, é muito importante estar atento aos indícios do mercado imobiliário na hora fazer uma escolha. Assim, nos próximos tópicos deste artigo, discutiremos o que você deve levar em conta na hora da decisão.

O que é mais vantajoso vender ou alugar

A primeira coisa que é preciso ter em mente é que, no geral, imóveis são uma forma de investimento. No entanto, muitas vezes estão relacionados com memórias afetivas de grupos familiares.

O que pode acabar influenciando na decisão final de vender ou não a propriedade. Então, a escolha entre vender ou alugar o imóvel pode tornar-se subjetiva em alguns casos.

Nessas circunstâncias é importante analisar a demanda financeira dos proprietários. Uma vez que a locação do imóvel oferece um valor menor, mas constante.

Enquanto a venda gera um montante maior de dinheiro, mas que é obtido de uma vez só. E, falando em termos práticos, se o lucro da venda não for convertido em outro tipo de investimento.

Ou se não tiver como objetivo resolver uma pendência financeira, a venda do imóvel não é a melhor alternativa. Pois, sempre existe a chance de que ele seja valorizado com o passar do tempo

Em outras palavras, a escolha entre vender ou alugar sua propriedade só tem sentido financeiro caso o lucro seja aplicado. De preferência, em investimentos de médio e longo prazo.

Além disso, o momento para anunciar o seu imóvel deve ser muito planejado. Levando em conta se as redondezas oferecem chances de crescimento ou não.

Bem como, avaliando o número de propriedades colocadas à venda na sua região. Uma vez que quanto maior a oferta de imóveis, menor será a demanda.

Os benefícios do aluguel

O aluguel pode trazer benefícios muito interessantes para o proprietário. Pois, envolve menos riscos, uma vez que o patrimônio é mantido. Além disso, ainda que o lucro não seja tão grande, o faturamento é mensal.

E pode ser convertido em outras aplicações para aumentar a rentabilidade total do locador. Da mesma forma, a preservação do imóvel, garante que haja tempo para que ocorra uma substancial valorização da propriedade.

Permitindo que o locador escolha entre vender ou alugar somente no momento mais propicio para a comercialização. Levando em consideração:

  • A perspectiva de crescimento da região (O que pode ser feito consultando o plano diretor da cidade ou do estado);
  • A quantidade de imóveis à venda nas proximidades;
  • O valor médio das propriedades à venda;
  • O valor do m² na localidade;
  • O lucro real da venda, descontando os impostos e despesas burocráticas.

O lucro da venda

Entretanto, existem ocasiões em que a venda do imóvel é muito vantajosa. Ou até mesmo necessária. Por exemplo, para sanar uma dívida, iniciar um empreendimento ou aproveitar uma boa oportunidade de investimento.

No entanto, para realizar a venda com a maior margem de lucro possível, é recomendável manter o imóvel. Até que as condições no mercado estejam amplamente favoráveis à comercialização da sua propriedade.

Nesse sentido, contar com a consultoria de empresas especialistas no mercado imobiliário é um diferencial. Que com certeza te dará muito mais segurança no planejamento para vender ou alugar o seu imóvel.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *